Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Saúde e Vida

Blog dedicado a notícias e conselhos sobre saúde, doenças e uma vida saudável!

Saúde e Vida

Blog dedicado a notícias e conselhos sobre saúde, doenças e uma vida saudável!

Surto de Legionelose: O que é a Legionella e como evitar.

A Legionella é uma bactéria que origina a Legionelose ou doença do legionário. A Legionelose é uma pneumonia atípica, pode aparecer de uma forma menos grave também conhecida como doença de pontiac.

 

A Legionella Pneumophyla é um parasita que infecta as amebas e reproduz-se no interior das mesmas. A Legionella necessita de meio aquático quente para se multiplicar, tolera temperaturas até 63º e alguns desinfectantes como a lixívia ou o cloro das piscinas. Geralmente é encontrada em piscinas de água quente, spas, sistemas de ar condicionado, jacuzzis, duches, águas quentes sanitárias, balneários, humidificadores e condensadores de evaporação.

 

Na Ilha Graciosa em 2013 foi identificado um doente com legionelose que estava hospedado no Graciosa Retort & Business Hotel. Sorte foi ter sido o unico hospeda durante a estadia. Como foram tomadas todas as medidas de precaução apenas foi infectada uma pessoa.

 

A transmissão dá-se por inalação de vapor de água ou poeiras contendo a bactéria. Não é transmíssivel de pessoa a pessoa. Por esta razão as infecções são localizadas a uma área geográfica visto geralmente darem-se através de uma fonte de água comunitária. Por esta razão, a direcção geral de saúde recomenda a não utilização de duches ou torneiras com grande pressão e quem possuir termoacumuladores colocar a temperatua acima dos 75 graus. Deve-se evitar até a detecção da fonte da bactéria balneários ou piscinas públicas.

 

A incubação da legionella no corpo humano dura entre dois a dez dias. Surge como pneumonia multifocal necrotizante, com micro abcessos e é detectada através da história clínica e RX, que é confirmada por exames à urina e expectoração.

 

O individuo infectado sente:

  • Febre,
  • Tremores,
  • Tosse seca,
  • Dor muscular,
  • Dor no peito,
  • Náusea e vômito,
  • Dor muscular,
  • Respiração acelerada.

Com o avançar da doença surgem as complicações:

  • Insuficiência respiratória,
  • Insuficiência renal,
  • Bacteremia,
  • Estado alterado de consciência,
  • Desidratação,
  • Coma,
  • Morte.

O surto mais recente de legionelose, segundo o Jornal de Notícias está localizado nas zonas de Forte da Casa, Vialonga e póvoa de Santa Iria.

Se viver nas zonas infectadas e apresentar algum dos sintomas acima descritos dirija-se à sua unidade de saúde.

 

 

 

 

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D